segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Obrigado Edson por confiar em meu trabalho





Quando acabei de ler o Livro : O gosto do sexo sem rosto, comecei a pensar sobre toda a biografia do personagem principal e o mais triste foi chegar ao fim do livro com aquele gosto de quero mais. O carinho e a identificação sentida pelo personagem de Diego com certeza fará com que muitas pessoas motivadas pela curiosidade passem a notar os caminhos divergentes que a vida nos coloca fazendo-nos que a despeito de nossos sonhos ou vontades, tentemos lutar por um ideal que pode culminar em uma grande desilusão e degradação da alma.
O livro por excelencia traz a tona não somente o desejo ou a volúpia contida na vida de Diego como garoto de programa, mas tb traz a superficie uma alma atormentada por uma infancia e adolescencia de dificuldades e anseios e a busca pelo "paterno" e nos deixa muitos pensamentos do tipo:
Quanto dificil é criar uma criança sem deixa-la com sequelas pelo resto de sua vida diante de nossas p´róprias limitações.
Quanto o amor não tem diferenças , idade ou sexo para se apresentar, e as vezes, quando chega, chega tarde por que há algo ou alguem em seu lugar.
Como é ignorante de nossa parte generalizar atitudes e modos de viver sem conhecer as histórias por traz das cortinas da vida.
O livro é maravilhoso ao mecher com pensamentos e sentidos inerentes a todos "A volúpia do sexo no amor" e "até" sem ele. Nas loucuras que muitos possuem dentro de sí e passam desapercebidas por muitos como sendo pessoas de grante índole. Nossa consciencia humana de "Puros" é que nos trai interiormente diante da hipocrisia moral de toda uma sociedade.
Parabéns Marlon de Albuquerque e todos os integrantes desta obra!
Com carinho de seu admirador:
EDSON VALÈRIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário