sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Por Roger Pontes




O livro chega a ser excitante em determinados momentos por sua riqueza na descrição dos detalhes é como praticar voyeurismo. Os personagens tem alma o que torna a historia bem real.
Parabéns Marlon Albuquerque pela escrita simples mas de alma em O gosto do sexo sem rosto.

Um comentário: