sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Clarice


Fiquei de repente tão aflita, que sou capaz de te dizer agora fim e acabar o que te escrevo, é mais na base de palavras cegas. Mesmo para os descrentes há um instante de desespero que é divino:a ausência de um Deus é um ato de religião. Nesse mesmo instante estou pedindo a Deus que me ajude. Estou precisando. Preciso mais do que a força humana. Sou forte e destrutiva. O Deus tem que vir a mim, já que não vou até ele.Que o Deus venha por favor , mesmo que eu não mereça.Venha. Talvez os que menos merecem mais precisem.Sou inquieta, áspera e desesperançada .Amor eu tenho,mas não sei usar.
Clarice Lispector

Nenhum comentário:

Postar um comentário