segunda-feira, 26 de novembro de 2018

A flor Maria



Os caminhos que trilhei e trilho são do respeito, respeito ao próximo, respeito a dor alheia, respeito às diversidades e as dores da alma.
Escolhi acolher ao invés de julgar, estender mãos ao invés de dar opinião, gosto mesmo da ação do fazer, da ação da fé e da escuta que acolhe a dor do outro com respeito e humanismo.
Caminho com fé num ser humano mais HUMANO e num mundo mais unido...Escuto a dor alheia com o coração e a certeza de que há saída para os males da alma ...Caminho respeitando as doenças que vem da mente e sigo dizendo que ninguém está livre desse sofrer!!!
Você não sabe a dor do outro...

Não cabe a você julgar o que o outro sente, mesmo que pareça mais do que você sentiria na mesma situação. Você não sabe tudo, o que pode ser bobo para você, pode ser algo muito doloroso para alguém. Mantenha-se no seu lugar e não julgue o que as pessoas devem ou não sentir. Cada um sabe a sua "cruz", carregue a sua sem fazer a do outro pesar mais!!

Andresa M. Vicentini

Nenhum comentário:

Postar um comentário