sábado, 20 de agosto de 2016

Morreu


Wesley Aguiar, de 21 anos, conforme informações do Instituto Médico Legal (IML).
O cadáver foi localizado próximo à Arena da Floresta, Segundo Distrito da capital acreana, com os pés amarrados e sinais de violência pelo corpo.
A funcionária pública e tia do jovem, Valdeisa da Silva, de 37 anos, disse que o sobrinho saiu de casa no domingo para participar da Cavalgada, realizada na Via Chico Mendes.
Ela revela que o jovem morava com a mãe e não tinha problemas com drogas, bebidas ou inimigos.
"A gente acredita que ele tinha saído da Cavalgada e estava indo para nossa casa, que fica próximo a Amadeo Barbosa. Como ele morava na Sobral e talvez fosse tarde para voltar, preferiu ir para nossa casa dormir. Ele bebia, mas não ao ponto de cair e aprontar. Era bem tranquilo e um bom menino", comenta.
A tia diz ainda que o rapaz chegou a publicar uma foto avisando que estava a caminho do evento em uma rede social. Porém, não publicou nenhuma foto durante o trajeto.A funcionária pública diz ainda que a família acredita que o jovem tenha sido vítima de homofobia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário