sábado, 11 de fevereiro de 2017

Bahia


Marcelo Guerra, foi violentamente assassinado com várias marcas na cabeça na praia do centro da cidade do Prado. O crime chocou moradores pela violência com que Marcelo foi morto. As marcas na cabeça desfiguraram o rosto dele que foi encontrado jogado na areia. O Marcelo estava de camisa e a parte de baixo despida, o que aponta que ele pode ter sido abusado sexualmente antes do ato homofobico, pelo criminoso ou criminosos. A maior parte dos golpes foi na região da cabeça.Marcelo era homoafetivo.
A cada 19 horas um homoafetivo é brutalmente assassinado no Brasil.
Marlon

Nenhum comentário:

Postar um comentário