terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Pessoa


De todos que me beijaram
De todos que beijei
De todos que me abraçaram
De todos que abracei
São tantos que me amaram
São tantos que amei
Mas tu (que rude contraste)
Tu que jamais beijastes
Tu que jamais abracei
Só tu nesta alma ficaste
De todos que amei...
Fernando Pessoa

Nenhum comentário:

Postar um comentário