segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Por Rafael Silva



Prendeu-me.
Parabéns mesmo.
No momento do Diego com a travesti Lisa achei excitante demais, e logo depois com o Alexandre bem romântico os dois.
Quando o Diego encontra uma menina vendendo bala no ônibus foi triste ler.
Um dos rapazes, fala pro Diego que Jesus veio para os pecadores e não pelos justos, eu concordo.
Gostei no livro.
Se eu fosse Deus eu o absolveria, pois em algum momento da minha vida, mesmo frequentando igreja evangélica, pensei que Deus não me aceitava, mas logo vi que eu estava errado.
Deus não faz acepção de pessoas.
Agora eu começo a associar a vários fatores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário