segunda-feira, 3 de junho de 2013

Dinheiro, luz e luxo


Tememos a doença que nos diminui. Ter de ser lavado por alguém, perdem os controles básicos de defecar ou urinar, basta um acidente e todos os movimentos se vão. Porque a arrogância?porque a mesquinharia e um ar de superioridade incomodativo? Que nossas dores nos ensinem a compreender que o outro também fracassa, que o outro também sente dor. Sejamos compreensivos com a dor humana, porque gente feliz demais não serve nem para criar peixes! Nada de exibicionismos. Nada de ostentação. Apenas a capacidade singular de ouvir estrelas. Salve o poeta Olavo Bilac. Ouçamos estrelas, então. Grandeza é algo superior a dinheiro, luz e luxo. Marlon de Albuquerque

Nenhum comentário:

Postar um comentário