quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Diney


Fez história no Sport Club Corinthians Paulista, clube de seu coração. Querido pela torcida, foi o único jogador na história do time paulista a conquistar três Campeonatos Brasileiros (1990, 1998 e 1999).

Em toda a história do Corinthians, raras vezes um jogador tenha se identificado tanto com a torcida quanto o atacante Dinei. Filho do atacante Nei, ex-jogador do alvinegro na década de 1960, Claudinei Alexandre Pires chegou ao Parque São Jorge no ano de 1986, levado por Servílio de Jesus Filho.

Em sua primeira partida como profissional, o atacante, então um jovem de 19 anos, fez o gol da vitória em uma partida contra o Santos, válida pelo Campeonato Brasileiro de 1990. Um mês depois, o Corinthians venceu o São Paulo duas vezes na final da competição, conquistando seu primeiro título nacional.

Em 1996, durante sua passagem pelo Coritiba, Dinei foi pego no exame anti-doping. O resultado acusou uso de cocaína, droga que o jogador admitiu ser usuário. Como punição, o atacante foi suspenso por 240 dias.

Em 1998, Dinei foi decisivo nas três partidas das finais contra o Cruzeiro, tendo efetivamente participado nos cinco gols alvinegros na decisão (marcou uma vez e fez as assistências para os outros quatro gols).

Foi homenageado e eternizado pela torcida corintiana com os gritos de "El El El o Dinei é da Fiel", da torcida Gaviões da Fiel, da qual o jogador é integrante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário