domingo, 5 de novembro de 2017

No olho da rua


Meu maior medo era: quem vai me dar arroz? Carinho? Feijão?Onde vou morar? O sentimento de ter perdido meu pai por alguns instantes,me fez chorar até hoje. Sinto uma angústia em que remédio nenhum consegue resolver.
Livro: No olho da rua - Marcelo da Cunha

Nenhum comentário:

Postar um comentário